Sagrado Masculino

Mostrando todos os 8 resultados

Com o passar do tempo, o aspecto masculino foi criando vícios, desequilíbrios comportamentais que acabaram sendo impostos pela própria sociedade, isto é, se tornaram padrões obrigatórios. Independente da cultura e do país são as mesmas dificuldades que os homens enfrentam, mais acentuadas ou intensas dependendo da cultura.

O homem adquiriu um padrão de rigidez e isso ficou internalizado e engessado por milênios.

Historicamente o homem sempre foi o responsável pela proteção e pela sobrevivência da família, muitas vezes do clã inteiro. Mas sabe-se que as mulheres também colaboravam com essas tarefas principalmente quando os homens precisavam se ausentar por um certo tempo.

O sofrimento dos homens é intenso e fica muito mais acentuado quando eles não demonstram porque eles não podem expressar a sua sensibilidade, não podem expressar as suas emoções sutis, como a sensação de fragilidade e vulnerabilidade, não podem sentir medo e insegurança e não podem deixar fluir a sua espiritualidade (mediunidade).

Precisam estar sempre alertas, tensos, reservados, fechados, neutros, enfim robotizados. Precisam sempre estar potentes, produtivos, alertas, ativos, enfim competitivos. Não podem relaxar.

Por isso tantas enfermidades são muito mais frequentes nos homens, como por exemplo, problemas cardíacos e circulatórios.

Os vícios de comportamento foram gerados para poder extravasar todas essas emoções reprimidas e necessidades psicológicas negadas pela própria sociedade. São verdadeiras sublimações ou substituições de sentimentos naturais para tentar satisfazer suas necessidades emocionais.

O grupo de essências Sagrado Masculino vai cuidar especificamente dessas limitações e impossibilidades gerando equilíbrio e harmonia nos aspectos psicológicos e consequentemente o organismo físico passará a funcionar de uma forma muito mais saudável.

O nome e a descrição de sete das essências do grupo Sagrado Masculino são baseados nos sete pecados capitais, mas sem julgamentos ou intenção dogmática. Pecado quer dizer “errar o alvo”, isto é, estar dentro de um movimento comportamental que está atrapalhando a realização dos seus objetivos de vida. E uma oitava essência (Carians) servirá como um sustentador, apoiando todo o processo de resolução desses bloqueios emocionais.