Semeador de Luz 16 de dezembro de 2010 – Publicado em: Blog

A idéia de começar a compartilhar informações sobre as novas tendências e padrões de nossa atualidade surgiu de tanto observar como as pessoas estão perdidas e de ter consciência do risco de não encontrar referências sérias e verdadeiras. Esse tema tem sido constante em minhas palestras e workshops e recebo sempre agradecimentos que testemunham as reais curas da alma.
Cada dia vou escolher uma fatia desse conhecimento vasto, dissertando com objetividade e simplicidade, procurando não utilizar termos técnicos ou muito especializados para que a assimilação possa ser fácil e produtiva.
A intenção é que todos possam atingir a sua plenitude.
Luz é conhecimento…Por isso quando ouvimos dizer que uma pessoa é iluminada significa que ela é sábia. Sabedoria também significa maturidade.
Hoje sinto vontade de falar sobre a necessidade de receber para poder compartilhar.

Para ser um Semeador de Luz, primeiramente precisamos das sementes.
A luz é conquistada, é uma condecoração.
Existe uma palavra muito estigmatizada, muito mal compreendida em nossa cultura: “egocentrismo”
Basicamente egocentrismo é ter a humildade de assumir a sua própria vida, afinal viemos para esse mundo por vontade própria e mais ainda: viemos para nós mesmos. Ninguém veio para esse mundo por alguém. Então, partindo dessa idéia podemos concluir que o ser humano é um ser essencialmente egocêntrico e que para ser pleno e saudável tem que ser egocêntrico.

Se permitimos receber, podemos ter para compartilhar. Se a gente não consegue ser egocêntrico, seremos automaticamente egoístas, sempre tendo a sensação de que tudo falta ou pode faltar um dia e por isso não podemos compartilhar. Isso é ignorância, apêgo, apenas uma sensação infantil e doentia. Tudo isso foi preciso ser explicado para que se compreenda que para ser um semeador de Luz primeiramente temos que receber a Luz.

E mais uma informação útil, na verdade uma chave: existe na Natureza uma substância que contém muita Luz, talvez o produto de Deus que mais contenha Luz: o cristal.
Abre o seu coração e receba.

« Entusiasmo que cura